1 de ago de 2008

Avivamento não é obaoba!

Avivamento é o sopro de Deus, é uma obra de Deus periódica e poderosa. É o avivamento que coloca a Igreja em seu primeiro amor, produzindo convicção e confissão de pecados, santificando e movimentando-a por inteiro. Avivamento verdadeiro desperta a disciplina pelas práticas devocionais da Palavra de Deus; orações, desabafos, auto-sondagem, confissão espontânea de fraquezas e fracassos, sentimentos de carência de Deus e vigilância pessoal. O avivamento leva a Igreja a redescobrir a Pessoa e a obra do Espírito Santo de Deus, para dEle se servir outra vez, como nos dias dos apóstolos. Avivamento é aquele curto espaço de tempo em que o Espírito Santo de Deus atua poderosamente no meio de um grupo de cristãos, num determinado lugar, levando-os a buscar a Deus de forma intensa, deixando-se de lado as tradições, os costumes, a rotina, a frieza, a apatia, a inércia e usando-os de maneira fora do comum para o engrandecimento do Seu Reino. O avivamento em si pode até durar pouco, mas os efeitos que ele produz permanecem ecoando nos corações dos fiéis durante muito tempo.




Nenhum comentário:

 
Site Meter